cabecalho2.png
Crônicas da paisagem cultural da Mata Atlântica paranaense.

O Projeto

   A vivência de André Meijer no litoral paranaense faz do Projeto Cartas da Mata Atlântica um trabalho único, extremamente rico e raro. Ao todo, foram mais de 10 anos residindo nos municípios de Antonina e Guaraqueçaba, pesquisando, catalogando e fotografando a Mata Atlântica.
   Em seus textos, André expõe suas experiências com a Mata Atlântica através de cartas, nas quais discorre sobre suas peculiaridades, diversas espécies de plantas, fungos, insetos, animais e aves, além de contar casos e causos do folclore local. As cartas são sempre acompanhadas de dados cuidadosamente catalogados e expostos em planilhas.
   O resultado deste projeto é um retrato fiel e divertido da Mata Atlântica paranaense, que enfatiza sua riqueza natural e cultural. Torna-se implícito no material, a necessidade de preservação e conservação deste bioma, que também é fonte de renda para os moradores da região.

 

 

"Creio que a maioria de vocês tende a pensar que os seres bizarros, os duendes e os gigantes, vivem em lugares remotos, praticamente do outro lado do mundo. Mas não se deve esquecer que vive na Mata Atlântica, um dos mais biodiversos e, por que não, ‘biobizarros’ biomas do planeta. Sim, a nossa Mata Atlântica é habitado por seres incríveis."

André A. R. de Meijer

Jardim lindo em Antonina.JPG

O Autor: André A. R. de Meijer

   André é um naturalista de origem holandesa, que emigrou para o Brasil em outubro de 1978. Filho de agricultores dos Países Baixos, estudou Agronomia em Dordrecht (NL) e Manejo Ambiental em Arnhem (NL).Antes de mudar-se para o nosso país, trabalhou com agricultura orgânica.
   A paixão pela natureza sempre esteve presente. De 1979 a 2000, André residiu na Reserva Natural Cambuí, situada na várzea do rio Iguaçu em Curitiba. A partir de abril de 2003, mudou-se para a área rural de Antonina, onde morou até o início de 2012 e, depois, em Guaraqueçaba.
   Desde 1979, André vem trabalhando de forma ininterrupta como naturalista no bioma Mata Atlântica. É autor (Meijer, 2009) e coautor (Maas Geesteranus & de Meijer 1997) de livros sobre os cogumelos do Paraná. A sua coleção de cogumelos paranaenses foi doada ao Herbário do Museu Botânico Municipal, Curitiba (MBM).

 

Dividido em dados científicos e crônicas, o livro 'Cartas da Mata Atlântica:  natureza e patrimônio cultural' expõe os dados coletados pelo pesquisador André A. R. de Meijer e os relaciona com a vivência na área, engrandecendo o interesse pela Mata Atlântica.
rodape site.png

 

 

Núcleo de Mídia e Conhecimento

www.nmconhecimento.com.br

fabio@nmconhecimento.com.br

+ 55 (41) 3039-0971

 

Projeto viabilizado por meio da Lei Rouanet de incentivo à Cultura - PRONAC 150597.